quarta-feira, 22 de julho de 2009

Cargaleiro: Obra Gravada

Cadernos do Museu do Som e da Imagem (n.º 4)

Cargaleiro: Obra Gravada
Com 32 reproduções de obras de Manuel Cargaleiro
5 €

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Televisor Philips Leonardo As-Luxus

(Clique na imagem para ampliar)
Marca: PHILIPS
Modelo: LEONARDO AS-LUXUS
País de origem: HOLANDA
Data: 1963
Inventário: MSI-P0016

quarta-feira, 8 de julho de 2009

O Museu fora de portas

Entre os dias 8 e 21 de Julho de 2009, o Museu do Som e da Imagem promove no Centro Comercial Dolce Vita Douro a exposição Ciclismo em Vila Real: memória fotográfica, uma iniciativa inserida no projecto O Museu fora de portas.



(Clique na imagem para ampliar)

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Máquina fotográfica de fole Zeiss Ikon Cocarette


(Clique na imagem para ampliar)

Marca: ZEISS IKON
Modelo: COCARETTE
País de origem: ALEMANHA
Data: 1926
Doação: António Duarte Pereira Lopes de Carvalho
Inventário: MSI-P0025

sábado, 4 de julho de 2009

Televisor, rádio e gira-discos Nordmende


(Clique na imagem para ampliar)

Marca: NORDMENDE
Modelo: KOMMODORE 57
País de origem: ALEMANHA
Data: 1956
Inventário: MSI-P0012

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Restauro de peças nas oficinas


Projector de 8 mm Bolex Paillard 18-5


(Clique na imagem para ampliar)

Marca: BOLEX PAILLARD
Modelo: 18-5
País de origem: SUÍÇA
Data: 1960
Inventário: MSI-P0009

Ciclismo em Vila Real


Cadernos do Museu do Som e da Imagem (n.º 3)

Ciclismo em Vila Real: Memória Fotográfica
Com 33 fotografias
5 €

Em meados do século XX, o ciclismo em Portugal era já um desporto com tantos praticantes e adeptos que a sua popularidade apenas se via superada pela do futebol. Para essa popularidade muito contribuíra a Volta a Portugal em Bicicleta, organizada desde 1927 com relativa regularidade, primeiro pelo jornal portuense Sporting, depois por outros órgãos de comunicação social, como o Diário de Notícias, Os Sports ou o Mundo Desportivo, e, já em 1948, pela própria Federação Portuguesa de Ciclismo. Nas décadas seguintes outras instituições viriam também a ficar ligadas à organização da principal prova ciclista portuguesa, com destaque para o Jornal de Notícias.

Em 1932, decorria a terceira edição da Volta, Vila Real recebe pela primeira vez o final de uma etapa desta importante competição. Essa etapa vem a ser ganha por Alfredo Trindade (na categoria de fortes) e por José A. Perna (na categoria de fracos), com o primeiro a percorrer a distância entre Viseu e Vila Real em quatro horas e 55 minutos.

A invenção da bicicleta ocorrera na segunda metade do século XIX. Em pouco tempo, tornara-se não só um meio de lazer, mas sobretudo um meio de transporte cómodo e económico. De resto, uma das primeiras fotografias que sobre o tema se conhece em Vila Real foi feita em 2 de Agosto de 1898, pelo fotógrafo amador António Lopes Martins. Retrata Else Biel, filha do industrial Emílio Biel, passeando de bicicleta pela então Praça Lopo Vaz (actual Avenida Carvalho Araújo).
As excursões ciclistas a Trás-os-Montes, naturalmente com passagem por Vila Real, iniciam-se também ainda nos últimos anos do século XIX. Um pouco mais tarde, em 1912, integram-se pela primeira vez corridas de bicicletas no programa das Festas de Santo António. E dois anos depois funda-se o Sport Club Vila-Realense, que entre as modalidades praticadas incluía justamente o ciclismo. Seria a primeira de diversas colectividades com vocação idêntica. Na década de 1930, começa a organizar-se o Circuito Ciclista de Vila Real, numa tradição que, com alguma regularidade, vai estender-se por mais de vinte anos.

Estas e outras provas (incluindo por exemplo os grandes prémios organizados pelo Futebol Clube do Porto, com passagem também por Vila Real) consolidam gradualmente a popularidade deste desporto entre os vila-realenses.

É disto que pretende dar conta a memória fotográfica que aqui se reúne, num intervalo que vai da década de 1890 à década de 1960.