segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Vila Real, 1950


VILA REAL, 1950.
Fotógrafo: Marius (Mário Rodrigues da Silva, 1905-1983).

domingo, 9 de novembro de 2014

Desenho de natureza e desenho científico




CADERNOS DO MUSEU DO SOM E DA IMAGEM (n.º 18)


"Desenho de natureza e desenho científico"

(5 €)

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Convite

ABERTURA DA EXPOSIÇÃO "DESENHO DE NATUREZA E DESENHO CIENTÍFICO".


segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Biodiversidade de Vila Real




CADERNOS DO MUSEU DO SOM E DA IMAGEM (n.º 17)
"Biodiversidade de Vila Real: Nova abordagem fotográfica"
(com 50 fotografias)

terça-feira, 23 de setembro de 2014

Vila Real nos 40 anos do 25 de Abril


VÍDEOS DO MUSEU DO SOM E DA IMAGEM

Vila Real nos 40 anos do 25 de Abril

Documentário | DVD | 48 minutos | 16:9

A Revolução de 25 de Abril de 1974 e as condicionantes políticas e sociais que a ela conduziram vistas pelos cidadãos de uma cidade do Interior.


sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Vila Real, 1920



Vila Real, c. 1920.
Fotógrafo: Miguel Monteiro (1894-1977).

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Convite

ABERTURA DA EXPOSIÇÃO BIODIVERSIDADE DE VILA REAL

O Presidente da Câmara Municipal de Vila Real tem o gosto de convidar V. Exa. para a abertura da exposição Biodiversidade de Vila Real: nova abordagem fotográfica, a ter lugar no Museu do Som e da Imagem, no edifício do Teatro Municipal, dia 12 de Setembro, sexta-feira, às 21h30.
No decorrer desta sessão, será também distribuído o número 17 dos Cadernos do Museu do Som e da Imagem.

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Cadernos do Museu do Som e da Imagem




CADERNOS DO MUSEU DO SOM E DA IMAGEM (n.º 16)
"Circuito de Vila Real: O início"
(com 44 fotografias)

quinta-feira, 19 de junho de 2014

O Circuito de Vila Real na década de 1930

Exposição aberta ao público diariamente, entre as 14h00 e as 24h00. Entrada gratuita.

segunda-feira, 16 de junho de 2014

quarta-feira, 28 de maio de 2014

Biodiversidade

O MUSEU FORA DE PORTAS

Exposição temporária na Agência de Ecologia Urbana, à Rua do Corgo.

Biodiversidade de Vila Real: Uma abordagem fotográfica



quarta-feira, 7 de maio de 2014

Cadernos do Museu do Som e da Imagem


Cadernos do Museu do Som e da Imagem (n.º 15)
Vila Real: nos 40 anos do 25 de Abril
(com 26 fotografias)
5 €

sábado, 26 de abril de 2014

Nos 40 anos do 25 de Abril

Está patente no Museu do Som e da Imagem a exposição Vila Real: Nos 40 anos do 25 de Abril.

Como habitualmente, a exposição está aberta ao público todos os dias, no horário de funcionamento do Museu, entre as 14h00 e as 24h00. A entrada é gratuita.


quarta-feira, 16 de abril de 2014

Vila Real, 1920


Avenida Carvalho Araújo, c. 1920.
Fotógrafo: Miguel Monteiro (1894-1977).

sábado, 12 de abril de 2014

Ciclo de cinema


Segunda-feira, 14 de Abril, às 22h00, no Pequeno Auditório do Teatro de Vila Real.

quarta-feira, 9 de abril de 2014

Vila Real, 1962



Passadeira de flores na Rua Sargento Pelotas
Fotógrafa: Maria do Carmo Ribeiro (n. 1928)

segunda-feira, 7 de abril de 2014

Cinema sem Pipocas



Segunda-feira, 7 de Abril, às 22h00, o Museu do Som e da Imagem co-organiza com o Teatro de Vila Real mais uma sessão do ciclo Cinema sem Pipocas.

"O SONHO DE WADJDA"


Realização: Haifaa Al-Mansour
2012 | M/12 | 98 min.
Drama | Arábia Saudita/Alemanha
Com: Waad Mohammed, Reem Abdullah, Abdullrahman Al Gohani

Wadjda tem 10 anos e vive num subúrbio de Riade, a capital da Arábia Saudita. Embora viva num mundo conservador, Wadjda gosta de se divertir, é empreendedora e está sempre a testar os limites daquilo que pode fazer sem ser castigada. Quando Wadjda vê uma linda bicicleta verde à venda, decide tentar arranjar o dinheiro por si mesma, para assim poder fazer corridas com o seu amigo Abdullah. Mas a mãe de Wadjda receia as repercussões de uma sociedade que vê as bicicletas como algo perigoso para a virtude de uma menina. 

http://vimeo.com/85747074

Serra do Marão, 1920



Automóvel na Serra do Marão
Fotógrafo:Filipe Borges Júnior (1892-1982)

terça-feira, 25 de março de 2014

Vídeo promocional do Circuito de Vila Real

Vídeo promocional do Circuito de Vila Real, produzido pelo Museu do Som e da Imagem.


domingo, 23 de março de 2014

Cinema sem Pipocas


Segunda-feira, 24 de Março, o Museu do Som e da Imagem co-organiza com o Teatro de Vila Real mais uma sessão do ciclo Cinema Sem Pipocas.

CHINA - UM TOQUE DE PECADO

Realização: Jia Zhang-Ke
2013 | M/16 | 133 min.
Drama | China
Com: Zhao Tao, Jiang Wu, Wang Baoqiang,Luo Lanshan

Um mineiro revoltado luta contra a corrupção dos líderes da sua aldeia. Um homem regressa a casa na véspera de ano novo e descobre as infinitas possibilidades de uma arma de fogo. Uma bela recepcionista numa sauna é levada ao limite quando é assediada por um cliente rico. Um jovem trabalhador fabril salta de trabalho em trabalho à procura de uma vida melhor. Quatro pessoas, quatro províncias da China. Uma reflexão sobre a China contemporânea: um gigante económico que lentamente vai sendo minado pela violência.


Prémio Melhor Argumento no Festival de Cannes.

Trailer: http://vimeo.com/79895145


Bilhetes: 5€/3,5€.



quinta-feira, 20 de março de 2014

Nos 10 anos do Teatro de Vila Real


Está patente no Museu do Som e da Imagem a exposição Todos os dias, para todos os públicos: Nos 10 anos do Teatro de Vila Realno âmbito da comemoração do 10.º aniversário deste equipamento cultural.

Como habitualmente, a exposição está aberta ao público todos os dias, no horário de funcionamento do Museu do Som e da Imagem, entre as 14h00 e as 24h00. A entrada é gratuita.

segunda-feira, 17 de março de 2014

Vila Real, 1960



Passadeira de flores na Rua de Santa Marta
1 de Maio de 1960
Fotógrafo: Marius (Mário Rodrigues da Silva, 1905-1983)

sábado, 8 de março de 2014

Biodiversidade


Um guarda-rios em Codessais, Vila Real 
2012
Fotógrafo: Nuno Silva (n. 1978)

domingo, 2 de março de 2014

Vila Real, 1903


Construção da ponte sobre o Corgo
Fotógrafo: António Pinheiro de Azevedo Leite (1876-1918)

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Vila Real, 1950


Vasco Sameiro, em Ferrari, no Circuito de Vila Real
25 de Junho de 1950
Fotógrafo: António Fernandes Rodrigues de Magalhães (1926-1998)

Cinema sem Pipocas


SEGUNDA | 24 de FEVEREIRO | 22h00

"POST TENEBRAS LUX"

Realização: Carlos Reygadas
2012 | M/16 | 115 min.
Documentário | MEX/FRA/HOL/ALE
Com: Rut e Eleazar Reygadas, Adolfo Jiménez, Natalia Acevedo, Willebaldo Torres

Juan muda-se com a sua jovem família da cidade para uma zona rural, tencionando iniciar uma nova vida. Ali tudo é diferente e até os mais pequenos detalhes da dinâmica familiar se alteram. Cada um deles, à sua maneira, terá de fazer o seu próprio caminho, para se enquadrar naquele que se vai transformando no novo lar. Juan interroga-se se estes mundos se complementam ou se, na verdade, lutam inconscientemente para eliminar-se um ao outro. 
Um filme poético e autobiográfico do mesmo realizador de “Luz Silenciosa”.
Prémio de Melhor Realizador no Festival de Cannes.

Trailer: http://vimeo.com/67892757

sábado, 15 de fevereiro de 2014

Vila Real, 1937



Avenida Carvalho Araújo e Largo Conde de Amarante.

Fotógrafo: Filinto Monteiro (1888-1976).

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Vila Real, 1906



Fotógrafo: António Pinheiro de Azevedo Leite (1876-1918)

domingo, 9 de fevereiro de 2014

Abelhas e Homens


Segunda-feira, 10 de Fevereiro, às 22h00, no Pequeno Auditório do Teatro de Vila Real, o Museu do Som e da Imagem promove mais uma sessão do ciclo Cinema sem Pipocas.

ABELHAS E HOMENS

Realização: Markus Imhoof
2012 | M/12 | 95 min.
Documentário | Suíça

De há três anos a esta parte as abelhas andam a morrer em todo o mundo. Embora as causas ainda continuem a ser um mistério, uma coisa é clara: está em causa algo mais do que a simples morte de uns quantos insectos e bem mais do que apenas uma questão de mel. 

Em busca de respostas, o filme embarca numa viagem para encontrar as pessoas cujas vidas dependem das abelhas: de um apicultor suíço que vive nos Alpes até aos gigantescos pomares de amendoeiras na Califórnia, passando por um investigador do cérebro das abelhas em Berlim, uma comerciante de pólen na China e as abelhas assassinas do deserto do Arizona. Todos referem o desaparecimento das abelhas. O filme fala-nos das suas vidas. E das nossas.

Trailer: http://vimeo.com/71884586
Bilhetes: 5€/3,5€

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Estatísticas de 2013


quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Cinema sem Pipocas


Segunda-feira, 27 de Janeiro, no Pequeno Auditório do Teatro de Vila Real, o Museu do Som e da Imagem promove mais uma sessão do ciclo Cinema sem Pipocas.

FRANCES HA

Realização: Noah Baumbach
2012 | M/12 | 86 min.
Comédia/Drama | EUA
Com: Greta Gerwig, Mickey Sumner, Adam Driver

Frances vive em Nova Iorque, mas não tem bem uma casa. Frances está numa companhia de dança, mas não é bem uma bailarina. Frances tem uma melhor amiga chamada Sophie, mas elas já não falam bem uma com a outra. Frances atira-se de cabeça para os seus sonhos, mesmo quando a realidade se desvanece. Frances quer muito mais do que o que tem, mas vive a vida com uma alegria e ligeireza inexplicáveis.

Bilhetes: 5€/3,5€

sábado, 18 de janeiro de 2014

Vila Real pela objectiva de Filinto Monteiro


Continua patente no Museu do Som e da Imagem a exposição Vila Real pela ojectiva de Filinto Monteiro. Pode ser visitada diariamente, no horário habitual, das 14h00 às 24h00.

Filinto Monteiro (1888-1976), médico e professor, nasceu em Vila Real. Como fotógrafo amador, captou, a partir da década de 1920, muitas imagens hoje particularmente interessantes, sobretudo pela atenção dedicada ao urbanismo e à vida social da cidade.

domingo, 12 de janeiro de 2014

Hannah Arendt



Segunda-feira, 13 de Janeiro, às 22h00, no Pequeno Auditório do Teatro de Vila Real, o Museu do Som e da Imagem promove mais uma sessão do ciclo Cinema sem Pipocas.

HANNA ARENDT

Realização: Margarethe von Trotta
2013 | M/16 | 113 min.
Drama | Alemanha
Com: Barbara Sukowa, Axel Milberg e Janet McTeer

Após assistir ao julgamento do nazi Adolf Eichmann, a filósofa política Hannah Arendt atreve-se a escrever sobre o Holocausto em termos inéditos. O seu trabalho provoca imediatamente escândalo, mas Arendt mantém-se firme, embora atacada tanto por inimigos, quanto por amigos.
“Hannah Arendt” é um retrato do génio que abalou o mundo com a sua tese sobre a “banalidade do mal”.


Trailer: http://vimeo.com/66901261
Bilhetes: 5€/3,5€


Notas da Crítica
«Todo o filme sobre Hannah Arendt medita sobre a razão e a forma como o mal absoluto foi cometido no mundo dos seres humanos.(...) O filme de Margarethe von Trotta é notável. Todo o talento cru da realizadora de A HONRA PERDIDA DE KATHARINA BLUM (1975) está presente nesta obra, mas com um apuramento formal e uma forma cinematográfica superior.» - Nuno Ramos de Almeida, Jornal I

«HANNAH ARENDT é um filme precioso, capaz de mostrar como a percepção da história envolve sempre um jogo dialéctico entre passado e presente, ideias herdadas e ideias contemporâneas. Vê-lo e discuti-lo deveria ser uma prioridade democrática.» - João Lopes, Diário de Notícias

«Ver o filme de Margarethe von Trotta sobre Hannah Arendt e as tribulações do relato do julgamento de Eichmann em Jerusalém torna-se obrigatório. Para nos fazer pensar.» - Clara Ferreira Alves, Expresso